PASSARELA

PASSARELA

sexta-feira, 9 de agosto de 2013

AS MULATAS DOS CONCURSOS CARIOCAS COM TODA BELEZA





1965




1961



1962


1963




1964












1965


1966





1967





1968



1970



Aviso aos visitantes do blog, que em 1965 e 1969 o Renascença Clube não teve candidata no "Miss Guanabara".





Fotos de Marina Montini, Vera Lúcia Couto, Esmeralda Barros,
de Expedito Barros, nos brindando com estas fotos inéditas.
Obrigada pela grande colaboração. Abraços

46 comentários:

Hamilton MM disse...

Um trabalho primoroso da artista plástica Ana Maria nos presenteado com esse show de beleza das misses Renascença durante a década de sessenta.
Saudades dos belos tempos do Maracanãzinho onde reinavam essa belas mulatas que embelezavam os Concursos de Beleza no Rio de Janeiro e no Brasil.Aizita Nascimento e Vera Lucia Couto dos Santos já nasceram Rainhas.Todas as Misses Renascença foram vencedoras,venceram preconceitos e reinaram absolutas no cenário do Mundo Miss.A platéia urrava com os bamboleios e pivôs das jambetes,cujo ápice foi em l964 com a eleição de Vera no Miss GB e segundo lugar no Miss Brasil e brilhando no exterior,com seu belo gingado.
Mais uma vez o Rendas e Rainhas está de parabéns e ganhei um belo presente de aniversário com essa postagem.
Agradeço a todos os amigos que me homenagearam,obrigado Evandro,Botafogo e a todos vcs que navegam nesse blog.
Fiquei muito feliz com a postagem e a homenagem.
Quanto a Natalie Wood a doce Maria de West Side History,o nosso Amor,Sublime,Amor com suas belas canções e a beleza da Natalie que partiu muito prematuramente,uma morte até hoje não muito esclarecida.Ficará para sempre em nossos corações.

Celebérrimo disse...

D. Anamaria, as mulatas de novo? Não acredito no que estou vendo. Marina Montini, a deusa de Di Cavalcanti, Esmeralda Barros, não via uma foto dela faz muito tempo, Aizita Nascimento, a gloriosa Vera Lúcia Santos, é demais para os meus olhos, melhor ainda, a madame não ficou zangada comigo, entendeu que eu não sou nenhum depravado, nunca fui para o Renascença pegar as jambetes, namorei com algumas delas, elas são o meu fraco, mas com muito respeito, nem tenho como lhe agradecer por tamanho presente.
Repito, sou um homem hoje um pouco mais velho, kkkkk, mas não desrespeito ninguém, o meu nome é Faustino Mendes Moraes e sou chamado de Celebérrimo (gosto desse nome) pelas minhas brincadeiras, sou falastrão, brincalhão, mulherengo e até hoje faço as minhas farrinhas, sou duro na queda. Meus parabéns ao aniversariante do dia 09/08. Muito obrigado minha querida amiga, um abraço deste seu criado Celebérrimo, continue a me presentear com as mulatas.

Hamilton MM disse...

Em vez de History leia-se "Story" no musical americano que trata de brigas entre gangues de Nova York e de Porto Rico estrelado por Natalie Wood.
Ainda sobre a bela postagem, como eram lindas Ana Cristina e Maria Elizabeth Ridzi, as gêmeas mais famosas do Brasil
O esmero e o garimpo das fotos é outra relíquia nesse leque imenso de fotografias da artista.Ana,sempre se superando.

Anônimo disse...

Alo Anamaria!

Um belo presente no mês de setembro a todos os brasileiros que amam as verdadeiras misses dos Anos de Ouro quando a beleza não era comprada nas clínicas de cirurgias plásticas. Qualquer uma das mulatas que representaram o Clube Renascença poderiam ter sido Miss Brasil. Mas senti falta na postagem da Sônia Silva, última candidata a representar o Renascença no Miss Guanabara, quando ficou em terceiro lugar em 1970. Aquele ano foi a última vez que o Renascença enviou uma candidata ao certame. A postagem desta semana caiu como uma luva nas mãos do aniversariante Hamilton Mota Mendes. Meus parabéns ao ilustre amigo e espero comemorar juntos o niver daqui a um mês quando estiver no Rio de Janeiro. Aquele abraços a todos os internautas, especialmente a Anazendron que cumpriu o prometido colocando mais brilho ao Rendas&Rainhas com as misses mulatas que não são mais vistas nas atuais passarelas. E vida longa ao Hamilton.

Muciolo Ferreira - da ensolarada Recife

Hamilton MM disse...

Obrigado Muciolo, sem os amigos o que seria da gente?Claro, em setembro nos veremos no Rio e vamos papear muito.Para todos vocês amigos queridos um bom final de semana e que a próxima seja melhor do que esta.Hoje é o Miss RJ na Cidade do Samba,vamos ver o que acontece!!!!!!
No meu ponto de vista as melhores são Campos,Cabo Frio,Itatiaia e talvez Duque de Caxias com uma bela oratória.

Juvenal Monteiro Leal. disse...

As afrodescendentes estão de volta para nos homenagear, em maior número, bem trabalhadas, e sempre muito lindas, não me lembrava mais da Esmeralda Barros, só não foi eleita Miss Renascença porque encontrou a Vera Lúcia no seu caminho, mas brilhou no cinema italiano, não ouvi mais falar dela. Vera Lúcia Couto dos Santos sempre sai na frente, sem sombra de dúvida era uma deusa de ébano, abalou Long Beach. Obrigado Anamaria por homenagear a todos nós brasileiros, a maioria tem o sangue afro nas veias, eu tenho bastante e sinto orgulho, a minha cor é bem fechada. Desta vez sai na frente do meu irmão Luís Carlos Monteiro Leal, não sei se ele vai comentar, deveria, é a nossa raça em pauta muito bem representada. Já ia esquecendo de Marina Montini, sempre muito linda, desde a sua eleição para a Rainha Mulata do 4º Centenário, lamento o seu triste fim.
Muito obrigado,
Juvenal.

J. Botafogo disse...

... e que venham as mulatas, agora afrodescendentes. Existe uma marchinha de carnaval, cantada por Ângela Maria, cuja letra é: "Mulata, força total, sem mulata não há carnaval (bis). Quem é que pode conceber, água no morro sem lata, quem é que pode conceber, um carnaval sem mulata". É isso meus amigos, desta vez Anamaria viajou quilômetros, foto de Marina Montini vencendo o "Rainha das Mulatas do IV Centenário"? Esmeralda Barros, a vice de Verinha Couto no Miss Renascença? Em seguida viajando para a Itália e trabalhar no cinema voltando de lá seis meses depois (não sei se retornou à Europa) com sotaque italiano, jamais eu poderia esquecer esse episódio, mas é gratificante rever Esmeralda, quem sabe por onde ela mora, como vive, trabalha? O quadro está completo, Marina sempre linda, se naquela época houvesse preparadores de misses ficaria difícil para Ana Ridzi, essa favorita de Di Cavalcanti iria dar trabalho para os jurados, nunca houve mulatas iguais a Vera Couto e Marina Montini, esta eu a conheci pessoalmente no carnaval da Bahia, no abre - alas do bloco Jacu, corruptela de um palavrão de duas letras: "haja c... no samba", ela era uma pérola negra, linda, alta, 1,80m, lábios carnudos e de uma alegria contagiante. Podem falar tudo, mas mulata, teu nome é Vera Lúcia Couto dos Santos e Marina Montini.
Natalie Wood, encantei-me com ela depois de tê - la visto pela primeira vez num faroeste menor, "Montanhas em Chamas", em seguida cresceu no cinema, o qual trabalhou desde menina, nomeada três vezes ao "Oscar" nunca foi laureada, fez grandes clássicos e dois deles têm cenas aqui: "Juventude Transviada" (candidata ao "Oscar" de melhor atriz coadjuvante em 1955) e Clamor do Sexo" (Splendour in the Grass), nada a ver com sexo, é uma história linda de amor e sofrimento,filmou também Amor, Sublime Amor (West Side Story), O Preço do Prazer, outra indicação ao "Oscar", Gipsy/ "Em Busca de um Sonho" e muitos outros. Teve morte trágica no dia de Ação de Graças ao passar o fim de semana à bordo do iate da família, era casada com Robert Wagner, morrendo afogada.

Claudio José disse...

Depois do comentário de J. Botafogo o que comentar? Ele já falou da beleza das garotas do Rena que abrilhantaram os Concursos de Miss GB nos anos sessenta e nop inicio dos setenta.
Época que as primeiras negras quebraram o tabu e ousaram desfilar em um Maracanãzinho de classe média, branca e cheia de preconceitos.
Belas fotos, inéditas ( pelo menos para mim) e de bom gosto da titular desse blog.
Destaque para Marina Montini, a mulata de trezentos talheres como dizia o autor de Ai de ti Copacabana, Rubem Braga.
Saudades do Marã,clube perto da minha casa e de algumas domingueiras dançantes,festas juninas,etc. Abraços

Luís Carlos Monteiro Leal disse...

Juvenal sempre de gozação comigo e eu também com ele, somos quatro irmãos, três homens e uma mulher, essa sim gosta de implicar, principalmente comigo, tem um gênio difícil somente nós para carregar essa cruz.Eu e Juvenal casamos e separamos,o outro é casado, mas a nossa união faz sempre ele estar aqui, não sei o porquê de escrever a minha "vida particular" talvez para saberem a nossa honestidade, vamos ao que interessa, as nossas musas.
Fiquei satisfeito ao me deparar com esta postagem, trazer Marina Montini coroada Rainha do quarto centenário foi o máximo complementado por Esmeralda Barros, a nossa afro-brasileira italiana, como escreveu o Sr. Botafogo, eu já sabia que ela chegou aqui da Itália falando com sotaque italiano, igual a uma comadre minha que mora lá e vive fugindo da finanza (acho que é um tipo de Ministério da Fazenda), o seu marido não paga impostos. Todas as mulatas são lindas, Aizita, Sônia Silva, Marina Montini, Isabel, mas a grande estrela é mesmo Vera Lúcia Couto dos Santos, a mulata bossa-nova.
Muito obrigado Sra. Anamaria por nos prestgiar, continue com o seu trabalho impecável sem esquecer as coloreds.
Luís Carlos.



José Maria Goianese disse...

Marina Montini, a musa de Di Cavalcanti, uma bella ragazza que fez sucesso na Italia estrelando alguns filmes e alguns far west, para mim foi a mulata mais espetacular do Brasil.As fotos como Rainha do IV Centenário das Mulatas é antológica.
E a querida Vera, a mulata bossa nova, tão cantada e decantada,Aizita dos shows da TV Rio e do Teatro Rival. Um trabalho maravilhoso da Ana Maria para todos os que gostam do Mundo Miss.
Quanto a Natalie Wood, sei que foi uma bela mulher e que teve um fim trágico.Parabéns pela postagem.

Anônimo disse...

Que reportagem linda agora já me lembro da Marina Montini, muitas vezes eu vi ela na frente do bloco jacú com Luiz Jasmim um nosso pintor baiano e D. Iolanda Costa e Silva, ela era muito linda, todas as mulatas são muito lindas, mais para mim Vera lúcia, Esmeralda Barros e Aizita Nascimento são as melhores e você Aninha é a maior só faz coisa bonita, queria ser artista como você é, sabe escolher tudo, beijos minha querida em você e nas primas do Engenho de dentro, talvez esse ano eu ainda vá la, sinto muitas saudades de tudo do nosso Engenho. Ana Zuleide Peixoto Ferreira a prima Zuzinha.

Maria Pia disse...

Imaginem no mesmo concurso Marina Montini,Aizita Nascimento e Vera Lucia Couto dos Santos,todas três no ápice da juventude.Os jurados teriam uma dor de cabeça para escolher a melhor.Aizita e sua vivacidade,passarela,beleza facial. Vera hors concours, a mulata das mulatas e Marina Montini,um rosto cinematpgráfico, fora as outras mulatas postadas no blog.
Um trabalho minucioso da Ana,trabalhoso que só valoriza o Rendas e Rainhas.
Outra deusa postada é Natalie Wood,que poderia ter sido Miss e brasileira porque não? Tem um tipo bastante latino e poderia ter nascido pelas bandas de cá.As fotos das Misses Guanabara dos anos sessenta estão uma beleza.Gina,as irmãs Ridzi,Vera Maia,etc.Mais uma vez obrigada pela postagem Ana Maria.

Guardião da Noite disse...

Eu sempre vinha aqui "en passant", não era o meu fraco, agora tornou-se uma diversão, um hábito, estou sempre à espera da próxima postagem e cada uma vem mais surpreendente, quando eu penso ter acabado tudo, outra grande surpresa aparece. Esta postagem está muito linda, sempre admirei Marina Montini e Vera Lúcia, essa é hors concurs", cada foto mais linda do que a outra, ela é a nossa Adalgisa afrodescendente.
Saudades de Natalie Wood, o filme citado pelo J. Botafogo, Clamor do Sexo, eu vi e sai emocionado do cinema, não esqueço jamais, vi no Metro Passeio.
Continue nos alegrando Anamaria, você é "hors concurs" dos blogs neste estilo, muito obrigado pelos momentos de lazer, é uma cirurgia de catarata, kkkkk, fico horas revendo as fotos, gostaria de ter o seu acervo.

Helga Brum disse...

A foto de uma das mais belas misses Guanabara, a inesquecível Alda Coutinho de Moraes, garota do Leblon,linda,lourinha,olhos verdes,uma bonequinha ,dona de um sorriso contagiante.Alda foi a segunda Miss Guanabara e foi a última a desfilar e abocanhou o título.
Depois no Miss Brasil,ficou no terceiro lugar e foi a Londres nos representar. Seu rosto, um dos mais belos a pisar o Maracanãzinho.
Vera Lucia Sabba e seu dentinho saltitante foi uma bonita Miss GB 62,muito elegante,representou o Monte Libano,clube que frequentava na Zona Sul e fazia a linha garota moderna, tipo garota do Alceu.
E a nossa Verinha Maia, a garota do Arpoador e do Fluminense.Vera era o charme em pessoa,simpatícissima, foi uma das melhores passarelas do Maracanãzinho e mais uma carioca a ir a Londres.
1964, foi o amo da deusa de ébano,a linda Vera Lucia Couto dos Santos, uma das mais belas misses Guanabara,até hoje o meu xodó, a mihna miss GB preferida bem guardada no meu coração. E Raquelzinha, a bonequinha de Copacabana,a nossa Sissi,a princesa interpretada por Romy Schnaider.Depois vieram as irmãs Ridzi,lindas,antenadas,a grande supresa de l966, em l967 outra Vera ,uma morena do centro da Cidade da Saúde,professorinha, de lábios grossos e de um tipo bem brasileiro.68 o ano da Miss Beleza Internacional,Maria da Gloria Carvalho, o charme em pessoa.Mara em l969,uma loura de São Cristovão, o famoso bairro imperial da Cidade.Em 1970, o charme, a beleza e a elegancia da artista plástica Eliane Fialho Thompsom fechando a década maravilhosamente. Um dos corpos mais sensacionais já vistos no Templo da Beleza.
O blog dedicado as mulatas está um primor, vale destacar todas, por que elas fizeram realmente a diferença dos Concursos ee Beleza, com sua graça, seu gingado, seus bamboleios e seus chica chica bum.
Parabéns Ana,nos guardou no final a beleza meiga e maravilhosa da grande atriz americana a bela Natalie Wood, de Amor Sublime Amor, quem não viu este filme? É com muito amor que despeço-me por hoje, de todos vocês amigos e missólogos queridos.

Santinha di Trucatti Hölm disse...

Aonde tem mulata o colorido é outro, o Maracanâzinho mudou o cenário quando elas apareceram, peço perdão a todos principalmente a Helga Brun que acompanho desde quando ela começou e eu não tinha coragem de escrever e tenho muito respeito por ela, escreve bonito,com carinho e é uma grande grande dama, além de saber o que é uma passarela, mas a minha predileta é Elizabeth de 1966, essa deveria ter sido também miss Guanabara. Para Anamaria deixo o meu carinhoso abraço e continue sempre com essa beleza de blog, sinto que tem muita gente aqui dependente de você esperando o que vem por aí.
Santinha di Trucatti Hölm.

Expedito Barros, Universal Beauty Contest.. disse...

Bom dia a todos os presentes e o meu especial carinho a Anamaria e ao Jaiminho...Confesso que sou "vidrado" nas Mulatas do Renascença e a nossa querida amiga Anamaria não poderia nos presentear de outra forma nesta semana com a melhor "safra" dessas jambetes que sempre me fascinaram no Miss Guanabara, a começar pelo gingado de Aizita Nascimento, até no nome, era destaque total. Depois veio a Diva de todas elas, a super Mulata, ou a Mulata Grau 10, ou ainda a Mulata Bossa-Nova (marchinha do compositor João Roberto Kelly, cantada por Miloca, nos carnavais do Rio)...sim, ela mesma, Vera Lúcia Couto dos Santos, a qual, nas prévias, tinha quase certeza como seria a Miss Brasil 1964, devido a todo marketing em cima dela, antes do MB..(havia assistido pelo rádio o Miss Guanabara 1964, ainda criança, curtindo cada lance de sua eleição),porém, naquela época de rígida ditadura, nosso país não quis dar o título máximo a uma Miss de cor, e assim perdemos mesmo um top 5 no Miss Universe 1964. Digo isso, porque tenho um testemunho vivo e presente no nosso Mundo-Miss, Mr. William Prendiz de Jurado (que vive em Los Angeles e adjacencias) e esteve in loco, em Long Beach, durante o Miss International 1964 e me contou (até me "arrepio", quando me lembro)que a mulata Vera era mesmo a grande favorita desse concurso, de todo o povo presente, como de todas as candidatas, até da própria Gemma Cruz, filipina vencedora, a qual surpreendeu-se quando Verinha foi chamada como 2 runner-up. Até a comida de Vera era especial, pois os jornalistas temiam um "boicote" dos racistas que no MU 1962, foram acusados pelo mal-estar intestinal da colored Miss Dahomé..(quem não lembra desse fato...??), mas continuando, por um triz a maior Mulata do Renascença não trouxe o primeiro título de Miss International para o nosso país. Em 1966 o Rená enviou a belíssima Elisabete, que, (aqui prá nós, no meu humilde entender), não tem quase nada de mulata..hehehehe.. A proposito do que comentou acima, a grande Dama deste Blog, Helga, sobre os dentinhos charmosos de Vera Saba....gente, sabe que ontem conversei demais com a Miss Guanabara 1962 e fiquei surpreso ao saber do drama vivido por ela nesta vida. Algumas coisas ja sabia, por causa do meu grande acervo (que é um verdadeiro Alfarrábio, hehehe..), sabem que ela perdeu seu filho caçula em 1991 e em 2009 sua outra filha...imaginem o sofrimento de uma mãe que perde seus filhos, só que Deus foi tão misericordioso que lhe deixou um neto, filho de Katinha, sua primogênita, hoje com 22 anos, que é sua companhia. Enfim, vamos deixar a tristeza pra lá. Agora falarei sobre Natalie Wood, essa fofura de atriz, que também faz parte das minhas atrizes prediletas e cujo filme dela, Clamor do Sexo (dentre vários), jamais saiu de minha mente...Era uma atriz maravilhosa e belíssima. Em 1979, tivemos a Miss São Paulo, Léa (que classificou-se no Top 7 do Miss World 1979) e lembra demais o rosto de Natalie. Será que alguém aqui concorda comigo...??? Anamaria, como sempre, é show de bola nas suas postagens, e duvido que haja alguém no Mundo-Miss que deixe de se apaixonar por suas postagens..Eu sou fanzoca de suas fotografias restauradas. Um beijo na alma de todos, e vamos ficar já na espera de qual será a próxima surpresa que a nossa Ana vai nos reservar.
Ah, desculpem, nem falei sobre Marina Montini..Eu também conheci essa Deusa de Ébano, enorme de alta, brejeira, lábios carnudos, vencedora do Rainha das Mulatas do Rio Quatrocentão e no ano seguinte, 1966, defendeu o Cacique de Ramos no Miss Guanabara, talvez por já ter a fantastica Elisabete como Miss Renascença...Marina reinou nos Carnavais do país e no coração do pintor Di Cavalcanti e agora reina para sempre no outro patamar (o celestial).

Anônimo disse...

Fantástico o comentário do Expedito Barros. Ele lembrou um fato que me chamou atenção do concurso Miss Brasil de 1964: estávamos no início dos anos de chumbo, da ditadura militar braba. Então, para os Diários e Emissoras Associados ficarem de bem com o governo e não serem perseguidos, a política da boa vizinhança com o governo do Marechal Humberto de Alencar Castelo Branco seria eleger Miss Brasil uma jovem branca filha de um general do Exército ao invés de uma afrodescendente. E assim a nossa Verinha perdeu o título e os brasileiros ficaram de fora do Top-5 do Miss Universo.

Muciolo Ferreira

J. Botafogo disse...

Meu caro Muciolo, Ângela Vasconcelos ganhou por merecimento, ela é uma das mais belas misses Brasil, o título ficaria bem em Verinha ou na carioca representante do Paraná. É um fato difícil de julgar, a mesma pessoa a ter falado para o Barros desse episódio conversou pessoalmente comigo, foi bom a linda "Miss" Renascença ter ido para Long Beach, em Miami talvez nem ficasse entre as semi-finalistas, você sabe como são ferrenhos os americanos com os afrodescendestes, por outro lado, se fizermos uma retrospectiva no "Miss" Universo daquela época, nenhum país, a não ser os USA, donos da casa, chegou no ano seguinte ao top 5, no MBI Vera Lúcia Couto dos Santos fez bonito, encheu os olhos de todos e ainda nos trouxe um belo terceiro lugar.
Abraços.

J. Botafogo disse...

A frase completa é: ... se fizermos uma retrospectiva no "Miss" Universo daquela época, nenhum país, a não ser os USA, donos da casa, ao ganhar o título, chegou no ano seguinte ao top 5.
Muito obrigado.

Fausto Friedmann disse...

Além do prazer em frequentar esta página, temos verdadeiras aulas de missologia, com comentaristas competentes e antenados.
Se não fosse muito impertinente da minha parte, sugeriria a titular desse blog que colocasse misses dos anos 80,90 e 2000 no seu cardápio de beleza,
Sei que o Concurso não frequenta mais as páginas das revistas e fica difícl por fotos das misses dessas décadas.Nas tem a internet que sempre divulga essas celebridades.
Escrevo no MBoB e lá temos uma gama de fotografias e no seu blog Ana existem missólogos que tem acesso a essas fotos.Já pensou os vestidos redesenhados por você? Seria muito interessante. Obrigado.

Expedito Barros, Universal Beauty Contest.. disse...

Bom dia, meus queridos amigos deste espaço, a quem os tenho como meus ídolos, pois sabem muito bem falar deste nosso assunto que tanto amamos...o Mundo-Miss. Bem, ainda embalado pelos comentários do MITO deste espaço, a querida Lady, Helga Brum,sobre o charmoso "dentinho saltitante" de Vera Saba, Miss Guanabara 1962 e Miss Brasil Mundo 1962,o meu retorno aqui é apenas para lhes falar acerca das tragédias que abalaram a vida dessa nossa querida Beauty Queen..Vejamos, seu filho Ricardo faleceu em 1991, ainda quase um garoto, em 2009 sua filhona Katia, tb. faleceu, vítima de um acidente de carro, e, como sabemos, seu esposo, o cabeleireiro libanês, Georges Kour foi preso, por ter-se envolvido com a morte trágica de Claudia Lessin Rodrigues, a qual,teve seu corpo jogado nas rochas da Avenida Niemeyer, Rio de Janeiro, e no presente momento, Verinha deu a volta por cima, graças a Deus, vivendo com seu netinho, um belo rapagão Modelo de 22 anos que é sua alegria de viver....

Anônimo disse...

Alo Expedito,
como voc~e tem acesso a Miss Guanabara Brasil-Mundo de 1962, para alegria de todos os saudosistas que perpetuam os antigos concursos de miss aqui no Rendas & Rainhas, envie para a Anamaria Zendron uma foto recente de Vera Lúcia Saba e do seu neto modelo. Ficaremos felizes em rever uma brasileira com perfil de uma deusa grega.

Muciolo Ferreira

Anamaria Zendron disse...

Prezado Fausto Friedmann,
Agradeço a sua sugestão, mas no momento tenho outros projetos e solicitações,
está na minha programação todos os anos, até os atuais, aguarde, um dia
chegarei lá, trabalho com arte e fazer uma boa postagem requer tempo e pesquisa,
contarei com a sua colaboração participando do nosso blog, os seus ricos comentários
serão valiosos.
Atenciosamente,
Anamaria Zendron

Fausto Friedmann disse...

Com certeza minha cara, foi só uma sugestão.A artista é você e com artista não se discute,OBEDECE.
Um bom final de semana para todos.Estou ansioso para vê no sábado a minha conterrânea mostrar toda a beleza da mulher paulista.Ao contrário da música do Caetano, São Paulo as mulheres são elegantérrimas e classudérrimas. Vcs verão no sábado pela BAND.

Vitaminada do Meier disse...

Anamaria e toda sua maestria como missóloga e artista plástica nos brinda com o Mundo incrível das Rainhas Misses e mui especialmente com as mulatas que fizeram a diferença nos Concursos de Miss GB e Brasil.
Quantas negras maravilhosas pisaram a passarela por esse Brasil afora, mostrando que beleza não tem cor com fala um samba antigo da Portela.
Todas já cantaram loas à Vera Lucia Couto dos Santos, o símbolo máxipo da beleza negra no Brasil.
Vera ainda hoje continua bonita, gozando sua aposentadoria na bela Praia de Piratininga no Rio de Janeiro(Niterói) ,tendo sido uma servidora padrão da RIOTUR.
Marina Montini,Esmeralda Barros,Elizabeth Santos,Dirce Machado,Aizita Nascimento e tantas outras que fizeram a "festa" no Maracanãzinho e nos desfiles inesquecíveis no Clube Renasçença.Todas sob a batuta de Dinah, uma mulata elegante e bonita que as preparava para o dia D.Quantos preconceitos essas belas jovens sofreram em um Brasil que até hoje tem preconceito de cor,sexo,religião,etc.
Todas foram e são VENCEDORAS
Destaque também para as louras e morenas postadas no blog. A beleza de Maria Raquel e Alda Coutinho,a elegancia de Vera Sabba,Maria da Gloria Carvalho,Mara Carvalho Ferro, as inesquecpiveis Ana e Elizabeth Ridzi,o rosto perfeito de Gina MacPherson, a Miss Universo do Castelinho Vera Lucia Maia e por aí vai.
Parabéns mais uma vez a Ana pela postagem que culmina com a presença linda e sempre saudosa da grande atriz americana Natalie Wood.

Petit disse...

Por falar em negras,mulatas,etc, este ano temos a Miss Bahia, digna representante da raça negra no Concurso Miss Brasil 2013.
Tem um belo conjunto, uma passarela extraordinária e com certeza vem forte para levar o nome da Boa Terra no mais alto do podium.Pode não ganhar, acho difícil,mesmo porque tem candidatas mais bonitas,mas vai fazer barulho.Acho que vai dá Paraná,ela é muito bonita e as últimas fotos que vi ela está belíssima.

Juberlei Palácios disse...

Belas mulatas,belas misses,lindas rainhas.A titular deste blog está de parabéns pelas belas postagens.
Não conhecia a maioria das fotos,pois não peguei a fase dos áureos tempos dos concursos.Começei a me interessar na fase do Silvio Santos onde eram dadas as notas e o Silvio fazia brincadeiras com as candidatas.Tinha as músicas que homenageavam os Estados,se não me engano as músicas homenageavam o Pará ( peguei o Ita no Norte), o Piaui( o meu boi morreu, que será de mim),Pernambuco ( o frevo do Vassourinhas),Paraiba( masculina,mulher macho sim senhor),Minas ( oh,Minas Gerais),Rio de Janeiro(Cidade Maravilhosa),São Paulo( São Paulo,minha terra) é só o que me lembro. Depois vinha o Hino das Misses ( Os estados brasileiros se apresentam).Gostaria de ter vivido o Mundo Miss nos anos sessenta,setenta,etc.). Abraços

Anônimo disse...

O amigo HAMILTON MM traduziu td, não preciso falar mais nada. As mulatas do Renascença efetivamente brilhavam, ofuscavam, de tanta beleza. Quanto a Natalie Wood, sem comentários: linda, talentosa...Anamaria Zendron, só podemos agradecer por mais esta obra prima. Valeu, Aninha! (Eu sou o DINDO, da Bahia)

Hamilton MM disse...

Olá Dindo, tudo bem?O Rio chuvoso com passeatas e quebra quebra continua lindo.E a Bahia? Imposível falar da Boa Terra sem lembrar o samba do Salgueiro de 1969 "Bahia os meus olhos estão brilhnado,meu coração palpitando de tanta felicidade".A terra das lindas Marta Rocha e Marta Vasconcelos,eternas misses que ficarão para sempre nos nossos corações.Será que ainda teremos um dia misses tão lindas e carismáticas como elas, Adalgisa,Terezinha Morango,Emilia,etc,etc?Acho difícil.Temos que nos contentar com Orama,Suleimã e Cia Ltda.O nosso Brasil está vivendo um momento muito cinza e só a juventude bem intencionada e movimentos pacifistas poderão colher alguns frutos.Hoje mesmo vendo o Campeonato Mundial de Atletismo na Russia, o nosso revezamento feminino nos 400 metros com chances de vitória, uma atleta deixou cair o bastão e fomos desclassificados.Pessimismos a parte, vamos acreditar na famosa frase de Scarlet O'Hara magistralmente interpretada por Vivien Leigh em " E o vento levou": Amanhã será outro dia. Abraços.

Anônimo disse...

Amigos,
depois da equivocada escolha da nova Miss São Paulo, quando a segunda e a terceira classificadas eram superiores à vencedora, não tenho a menor dúvida quanto as duas melhores candidatas ao Miss Brasil: Paraná e Rio Grande do Norte. Abraços,

muciolo ferreira

Anônimo disse...

Meu amigo HAMILTON, td bem sim, graças a DEUS. E com vc? Pois é, rapaz, aqui na Bahia faz um calorão de dia, mas como aqui hipoteticamente estaríamos vivenciando o inverno, à noite faz um friozinho legal. Pra vc ver como o nível e como os concursos de misses no no país se desmereceram. Estive analisando as candidatas eleitas até o momento (me parece que falta apenas a candidata de Rondônia) e, devo confessar, fiquei entristecido, pela falta de competitividade e, sobretudo, pela ausência do quesito BELEZA mesmo. Pra ser MISS, vou plagiar o poetinha: BELEZA É FUNDAMENTAL. Então, acho que não teremos tão cedo uma nova MARTHA ROCHA, MARTHA VASCONCELLOS, IEDA VARGAS, ADALGISA COLOMBO, etc. Mas continuamos aqui, firmes, assistindo, acompanhando, nos envolvendo de alguma forma. Gostamos disso e sonhamos com o dia em que os concursos possam retornar com nos áureos tempos. A propósito, tb vi a desclassificação da equipe feminina do Brasil no revezamento de 4 X 100: simplesmente lamentável, elas estavam impondo um bom ritmo e o bronze praticamente estava assegurado. Fazer o que , né? Sempre à postos. Abraços e saúde para vc, meu amigo HAMILTON! (Eu sou o DINDO, da Bahia)

Hamilton MM disse...

Um abração para você Dindo e boa semana.Vamos aguardar o Miss Brasil.Saúde.

Claudio José - RJ disse...

A próposito dos comentários aqui postados sobre o Miss Brasil Universo concordo em parte com os bons comentaristas que circulam aqui no Rendas.
Nada contra o passado, mas vivemos em outros tempos,outros valores, outras concepções de beleza,etc,etc.
Falar em lisura em concursos de beleza é malhar em ferro frio, pois desde que existe a beleza, ou melhor os Concursos de, ela é acatada por uns e açoitada por outros.Até a própria Marta Rocha, esse ícone da beleza,foi contestada no Quitandinha, alguns queriam a Patricia Lacerda ,acho que é esse o nome da Miss Distrito Federal da época e foi preciso o poeta Manuel Bandeira contornar a situação e convencer os jurados que ela era a mais bela,já que alguns queriam a beleza morena e exótica da carioca para nos representar nos States.
Portanto é furada a idéia de conchavos só agora.
Vejo sim ,belas candidatas ao Miss Brasil e se no Universo tem que ser a queridinha de Mr.Trump, aí são outros quinhentos reais.

J. Botafogo disse...

Cláudio, eu já penso diferente, acredito ter sido em 1954 o único concurso havido com lisura, elegeram na realidade a mais bonita, aquela a preencher todos os pré - requisitos exigidos pelo "Miss" Universo, nós temos a mania de dizer que o Brasil é um país de pele escura, ledo engano, não temos uma raça definida, aqui houve muita miscigenação, temos uma população composta de louras, morenas, brancas, mulatas, negros, orientais, etc. Houve sim essa controvérsia de dizerem ser Patrícia Lacerda a candidata ideal para ir a Long Beach, mas o bom senso falou mais alto e elegeram a bonita, Martha Rocha, beleza para não se botar defeitos.
Abraços.

Anônimo disse...

Obrigado, Hamilton. Estou bem, graças a Deus. Sim, te mandei umas fotos da minha miss preferida, por e-mail. Já viu? Abração! (DINDO, da Bahia)

Hamilton MM disse...

Querido amigo
Não recebi esse e-mail. Meu computador tem horas que falha.Será que vc pode mandar de novo? Um abraço
Hamilton

Anônimo disse...

Amigo Hamilton,

Vou mandar as fotos novamente, ok? Abração! (DINDO, da Bahia)

Petit disse...

O vestido que Ana Cristina Ridzi usou em 1967 para passar a faixa de Miss GB para Vera Lucia de Castro, é extremamente atual,brincos da moda e até o cabelo também.
Ana foi uma das mais belas misses do Brasil.

Claudio José disse...

Oi Botafogo, gostei do seu comentário.
O que eu quis dizer é que não foi unanimidade a eleição da Marta Rocha.Foi preciso ter um segundo escrutínio para elegê-la, daí a intervenção do Manuel Bandeira que não se conformou de vê-la preterida pela Patricia.
Quanto a lisura, acho que só para falar nos anos cinquenta, todas as que foram eleitas eram realmente as melhores.
Uma boa semana para você.

J. Botafogo disse...

Claudio José, a partir dos Diários Associados (1955), não sabemos se houve "maracutaia", mas revendo as misses Brasil até 1966, para mim, o júri acertou em cheio, todas as eleitas eram realmente as mais bonitas, muitos depreciam Staël chamando-a, desrespeitosamente, de bruxa, eu gosto muito dela, foi a primeira "Miss" Brasil a ser eleita por unanimidade, agradou a todo o público presente naquela noite de junho no Maracananzinho, outra controvérsia é sobre Ângela Vasconcelos e a Bela Vera Couto, outro acerto, acho Ângela uma das mais belas brasileiras a abocanharem o título e a "Miss" GB é uma pérola negra, tinha uma beleza invulgar, naquela época nenhum país eleito MU, no ano seguinte estava no top 5, a não ser os USA por serem os donos do concurso, deram um segundo lugar para a "Mulata Bossa - Nova", ela deslumbrou os americanos e só não fora eleita MBI 1964 tendo em vista o racismo americano, porém foi apontada pela maioria, até as próprias postulantes do mesmo evento, como a merecedora do manto e a coroa nos trazendo um significativo terceiro lugar, em Miami talvez nem fosse semi-finalista.
Um bom fim de semana para todos.
Abraços.

Yedo Vasconcelos disse...

Por falar em racismo, a Priscila Cidreira da Bahia é uma candidata negra e pode ser eleita a Miss Brasil.Seria a primeira candidata realmente "NEGRA" a ser eleita Miss Brasil. A Deise Nunes é mulata e a diva Vera Lucia Couto dos Santos ficou no segundo lugar.
Em diversos concursos estaduais já tivemos candidatas negras ou mulatas indo ao top 2 e perdendo.Já tivemos candidatas negras representando Bahia,Minas,Maranhão,Pernambuco,etc,etc e não lograram a primeira classificação.Estados de predominância branca, como Paraná e Santa Catarina nunca elegeram uma candidata negra.Vamos aguardar o dia 27 de setembro em BH.

Petit disse...

Sinto muito Yedo Vasconcelos (rsrsrsrsr) mas nem com todo acarajé e abará a Miss Bahia 2013 não emplaca.Leio muito seus comentários no voy azul e acho-os muito pertinentes e engraçados. Por falar em engraçado por onde a Turma da Alegria do R & R? Sinto falta de Mamba e Cia.

Mamba Negra disse...

Como não emplaca a Miss Bahia?Acho que ela vai arrasar no dia do Concurso.
A Bahia é tudo de bom, quando chego na Bahia recebo uma pomba gira de frente e sai de perto.
Bahia terra da magia, da feitiçaria e do candommblé já falava o samba da Imperatriz.
Bahia de todos os deuses,do folclore, na Bahia ninguém nasce, ESTRÉIA,morou Iedo?
Priscila vem para BH com a proteção dos orixás, do Senhor do Bonfim e Dona Padilha ,rararararararará,vosmicê non conheci a Baía,sô moço.Já falaram até que morri, mas estou VIVÍSSIMA DA SILVA.

Anônimo disse...

A Miss BAHIA 2013 INDUBITAVELMENTE comporá o TOP5, mas não ganha o concurso. Fará bonito sim, mas a coroa deverá ficar com RN, ES, PR, MT, MG ou GO. Ainda acredito na vitória da MISS RIO GRANDE DO NORTE, mas que a baiana irá compor o TOP 5, disso não tenho a menor dúvida. Arrisco até ir mais longe: a MISS BAHIA será a segunda colocada no Concurso Miss Brasil 2013! (Paulo Haddad)

Karina Karão disse...

Vendo as últimas fotos das candidatas a Miss Brasil,estou falando de FOTOS e alguns vídeos que vi, as melhores para mim,para o meu ponto de vista,que é só meu, acho que as melhores são: RG do Norte,Paraná,Espirito Santo,Pará,RG do Sul( deu uma excelente melhortada,classudérrima,talvez a mais elegante de todas) e Santa Catarina( junto com Cristina Alves e Isis Stocco, os três mais bonitos rostos).O resto são CHORUMELAS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

José Maria Goianese disse...

Top l0(aleatório):
Santa Catarina
Paraná
Pará
Ceará
Mato Grosso
Espirito Santo
Bahia
Rgo Norte
RG do Sul
Espirito Santo

Top 5 (aleatório)
Paraná
Santa Catarina
Pará
RG do Norte
Espirito Santo